Edições 2018 Anos anteriores
Em tempos de turbulência e crise, algumas habilidades são essenciais para liderar com tranquilidade, principalmente para aqueles que estão começando

Ao longo de nossas trajetórias profissionais, adquirimos algumas habilidades que nos ajudam a enfrentar certos desafios de maneira calma e objetiva. A maturidade faz com que problemas que antes poderiam nos deixar literalmente de "cabelo em pé", sejam resolvidos com serenidade. Lançando um olhar sobre a atuação das jovens lideranças que aí estão, vejo o receio e a ansiedade que os cerca, principalmente nesse momento. Algo natural, afinal, para a maioria, esta é a primeira crise que enfrentam.

Penso que o papel dos profissionais mais experientes, que já passaram por outras crises, seja o de transmitir conhecimento e, acima de tudo, tranquilidade. Assim, gostaria de destacar cinco habilidades que julgo essenciais para qualquer líder, mas, principalmente, para aqueles que estão começando: equilíbrio, visão, flexibilidade, persistência e resiliência. De antemão, afirmo que tão importante quanto ter essas habilidades, é ter a capacidade de aplica-las uma a uma, no momento certo.

Em situações de maior tensão, por exemplo, o equilíbrio deve prevalecer, flexibilizando a mente em busca da razão e sobrepondo-se à emoção. Ter visão é outra habilidade muito requerida. Trata-se de uma característica encontrada em poucos profissionais e, não por acaso, aqueles que a demonstram acabam se destacando. Tendem a prever oportunidades e riscos futuros.

Ser flexível vai além da capacidade de ouvir e de saber trabalhar em equipe. Profissionais flexíveis tendem a sofrer menos com a mudança de cenários e de atribuições no dia a dia. Já manter o entusiasmo do começo ao fim de uma tarefa pode não ser fácil, mas é algo que precisa ser praticado. E é aqui que entra a persistência. Olhe ao redor e verá que a maioria das pessoas de sucesso são persistentes natos.

Finalmente, não nos esquecemos da resiliência, que, ao meu ver, reúne um pouco de cada uma das qualidades citadas anteriormente. Resiliência é saber enfrentar momentos de pressão sem perder o foco dos objetivos. É alcançar resultados sem abrir mão do bem-estar da equipe e do respeito para com os colegas de trabalho.

Espero que essas dicas ajudem jovens profissionais a enfrentarem com mais tranquilidade esse momento turbulento da economia.

Acacio Queiroz é Chairman da Chubb do Brasil. Formado em Economia, pós-graduado em Finanças e com especialização em Business nos Estados Unidos. É conselheiro certificado pelo IBGC e Fundação Dom Cabral. É membro dos Conselhos Diretor e Superior da CNseg, diretor da Fenseg e participante dos Conselhos da ANSP, APTS e WTC. Participa do G100 - Grupo de Líderes e Conselho Econômico e do HSM CEO Knowledge Hub.

Nossas Mídias

Bolsa de Empregos

Clientesa.com.br - Revista Cliente S.A.
Copyright © 1998 - 2018 - Grube Editorial - Todos os direitos reservados
Powered by